../../_images/eolica.png

Cálculo Automático dos Índices da Análise de Interação entre Fontes Shunt Controladas

O cálculo manual dos índices da Análise de Interação entre Fontes Shunt Controladas por meio de simulações dinâmicas demandaria elevada carga de trabalho, especialmente em sistemas com elevada penetração de fontes renováveis, devido à grande quantidade de eventos a serem simulados e medições a serem feitas. Assim, desenvolveu-se no programa Anatem, o recurso para cálculo automático destes índices.

Atenção

Utiliza-se como padrão a modelagem do sistema CA sem carregamento pré-falta (denominada PECO), para efeito do cálculo destes índices, na qual são desconsiderados os seguintes elementos na modelagem so sistema:

  • Parcela de impedância constante da carga e de geração não modelada;

  • Line charging;

  • Impedância de motores de indução, fontes shunts controladas por CDU, compensadores estáticos;

  • Resistência de armadura de máquinas síncronas;

  • Elementos shunt em geral, exceto máquinas síncronas.

Com a representação PECO, calcula-se o SCR e MISCR, porém, também é possível calcular o ESCR e MIESCR (desligando a opção PECO no código DOPC), habilitando a representação de todos os estes elementos desconsiderados naturalmente.

Pelo código EAIF, o Anatem calcula automaticamente o MIIF (e respectivos reatores de falta para afundamento de 1% da tensão pré-falta), Scc, SCR, MSCR e MISCR para todas as barras CA de fontes shunt controlada presentes no caso de estabilidade a ser avaliado. No entanto, barras adicionais, nas quais também é desejado obter o MIIF, podem ser fornecidas por meio do código DMIF (Definição de barras para cálculo do MIIF).

Assim, o Anatem calcula a Scc por meio da matriz \(Zbarra\), e obtêm valores coerentes com aqueles obtidos pelo programa Anafas com modelagem PECO.

Exemplo

Listagem 142 Exemplo da aplicação do código EAIF
 1 (===============================================================================
 2 ( ASSOCIAÇÃO DE MODELOS CDU DE FONTES SHUNT CONTROLADAS ÀS BARRAS DE GERAÇÃO
 3 (===============================================================================
 4 DFNT
 5 ( Nb)   Gr T (FP%) (FQ%) Und ( Mc )u (R ou G) (X ou B) (Sbas)
 6 6135   10 I  100.  100.  24  90102u            -2.300
 7 6678   10 I  100.  100.  34  90103u            -2.300
 8 6292   10 I  100.  100.  20  90016u            -2.300
 9 8651   10 I  100.  100.  19  90034u            -2.300
10 6379   10 I  100.  100. 100  90104u            -2.338
11 6382   10 I  100.  100.  70  90105u            -2.338
12 6227   10 I  100.  100.  25  90107u            -2.338
13 5067   10 I  100.  100.  18  90137u            -2.338
14 8688   10 I  100.  100.  17  90139u            -2.338
15 6144   10 I  100.  100.  32  90108u            -2.574
16 8691   10 I  100.  100.  16  90138u            -2.574
17 5985   10 I  100.  100.  28  90127u            -2.574
18 8693   10 I  100.  100.  16  90129u            -2.574
19 999999
20 (
21 (===============================================================================
22 ( CONJUNTO DE BARRAS ADICIONAIS PARA O CÁLCULO DOS ÍNDICES MIIF
23 (===============================================================================
24 DMIF
25 ( Nb )
26 10
27 20
28 30
29 40
30 999999
31 (
32 (===============================================================================
33 ( EXECUCAO DA ANALISE DE INTERAÇÃO ENTRE FONTES SHUNT CONTROLADAS
34 (===============================================================================
35 EAIF
36 (
37 FIM