../_images/codigos_opcoes.png

DMTC

Função

Leitura de dados de modelos predefinidos de controle de mudança de tap de transformador em carga (Transformadores OLTC).

Utilização

DMTC MD01

No

Número de identificação do modelo de controle de tap

Bm1

Valor da banda morta para habilitação da atuação do controle, positivo, em \(pu\)

Bm2

Valor da banda morta para desabilitação da atuação do controle (este possui uma histerese), positivo e menor que Bm1, em \(pu\)

TR

Tempo de ajuste do relé para atuação do controle de tap, em segundos

TM

Tempo de retardo referente ao mecanismo de mudança de tap, em segundos

TB

Tempo de bloqueio para novas alterações de tap, após atuação do mecanismo de mudança, em segundos.

T

Constante de tempo do transdutor de medição de tensão, em segundos. (default = 0.0, sendo neste caso, a constante de tempo é ignorada e a medição é considerada instantânea)

Vlm

Valor de tensão abaixo do qual o controle de tap é congelado, em \(pu\). (default = 0.0, isto é, o tap não é congelado)

O comportamento do modelo MD01 têm as seguintes características:

1) Banda morta com histerese: sinaliza a necessidade de mudança de tap caso \(|\Delta V| > B_{m_1}\). Se \(|\Delta V| < B_{m_2}\) “resetar” o valor de \(X_1\).

  1. Caso o sinal de tensão \(V_t < V_{lim}\), o controle do tap é congelado.

  2. O sinal de \(X_1\) no instante de atuação do relé indica se a variação será de \(\Delta tap\) ou \(-\Delta tap\).

4) Caso o sinal \(X_2 = 1\), é iniciada a temporização de relé para atuação do controle. Quando o tempo decorrido atinge \(T_R\) é disparada a ordem para atuação do mecanismo de mudança de tap. Esta temporização é “resetada” se \(|\Delta V| < B_{m_2}\).

5) Uma vez atingida a temporização do relé (bloco 3) é iniciada a contagem do retardo (\(T_M\)) do mecanismo de mudança de tap (bloco 4). Esta temporização só é “resetada” quando for efetuada a mudança de tap, ou seja, o “reset” da temporização do relé (bloco 3) não cancela a ordem de mudança de tap. Isto corresponde ao chamado “atraso de transporte”.

  1. Uma vez ocorrida a atuação do relé, novas atuações são bloqueadas pelo período \(T_B\).

  2. Após decorrida a temporização do mecanismo de mudança de tap, o tap é alterado do incremento especificado: \(tap_{novo} = tap_{antigo} + X_6\).

  3. O valor final do tap é limitado aos valores \(Tap_{min}\) ou \(Tap_{max}\).

Nota

O valor do tap do transformador é definido para o lado primário, considerado como a barra DE do circuito especificada no Anarede. Caso a modelagem de tap feita no programa de fluxo de potência Anarede seja feita de forma contínua, a primeira mudança de tap ordenada pelo controle fará também a discretização do mesmo, ou seja, a mudança será de \(\Delta tap + \epsilon\), onde \(\epsilon\) é a variação necessária para arredondamento. O modelo de controle de tap no Anatem ainda não está lendo as informações de discretização de tap no programa Anarede. O valor de \(\Delta tap \). O valor do sinal \(V_{ref}\) na figura anterior corresponde ao valor especificado no programa Anarede para o módulo da tensão da barra controlada, a qual pode ser modificada através do campo Kbs do código DLTC.

Opções de execução disponíveis

Nota

A opção MD01 é utilizada para ativação da leitura de dados do modelo predefinido de controle de Transformadores OLTC.

Exemplo

Listagem 195 Exemplo da aplicação do código DMTC
1
2
3
4
5
6
7
8
9
(===============================================================================
( DADOS PARA O MODELO PREDEFINIDO DE CONTROLE DE OLTC
(===============================================================================
DMTC MD01
(No)   (Bm1)(Bm2)(TR )(TM )(TB )( T )(Vlm)
0001   0.0150.010  3.0  2.0  0.0 0.05  0.8
(No)   (Bm1)(Bm2)(TR )(TM )(TB )( T )(Vlm)
0002   0.0200.015  5.0  2.0  0.0 0.05
999999

Ver também

Para maiores informações, consulte o código DLTC.