../../_images/gse.png

Associação de Geradores Síncronos Eólicos

A figura abaixo apresenta o esquema geral simplificado do aerogerador:

../../_images/controle_gida.PNG

Fig. 57 Esquema simplificado de controle do aerogerador

A associação do modelo dinâmico do gerador eólico síncrono aos seus controles é feita através do código DGSE, cujo preenchimento de parâmetros é detalhado a seguir:

Nb

Número de identificação da barra de geração à qual deverá ser associada o modelo de gerador eólico como máquina síncrona e respectivos sistemas de controle.

Gr

Número de identificação do grupo de equipamento. Em uma barra de geração podem estar conectados um ou mais grupos de gerador eólico como máquina síncrona. Um grupo de gerador eólico com máquina síncrona pode ser constituído por uma ou mais unidades idênticas.

P

Fator que define o percentual da potência ativa gerada na barra pelo grupo de equipamentos. Se deixado em branco será considerado igual a \(100\%\). A soma dos fatores dos grupos de equipamentos de uma barra de geração tem que totalizar \(100\%\). Este campo deve ser preenchido com um número inteiro.

Q

Fator que define o percentual da potência reativa gerada na barra pelo grupo de equipa-mento. Se deixado em branco será considerado igual a \(100\%\). A soma dos fatores dos grupos de equipamentos de uma barra de geração tem que totalizar \(100\%\). Este campo deve ser preenchido com um número inteiro.

Und

Número de unidades iguais que constituem um grupo de equipamentos equivalente. Se for deixado em branco será considerado 1 unidade.

Mg

Número de identificação do modelo de gerador eólico com máquina síncrona, como definido no campo No do códgido de execução DMGE.

Mt

Número de identificação do modelo de regulador de tensão, como definido no campo No do código DRGT ou no campo ncdu do código de execução DCDU.

u

Letra U se o modelo de regulador de tensão foi definido pelo usuário através do código DCDU ou como topologia pelo código DTDU.

Mv

Número de identificação do modelo de turbina eólica, como definido no campo ncdu do código DCDU ou, no caso de uma topologia, no código ACDU.

u

Letra U se o modelo de turbina eólica foi definido pelo usuário através do código DCDU ou como topologia pelo código DTDU. Atualmente só há modelo CDU.

Mc1

Número de identificação do modelo do regulador de tensão CC (“chopper”), como definido no campo ncdu do código DCDU ou, no caso de uma topologia, no código ACDU.

u

Letra U se o modelo de regulador de tensão CC (“chopper”) foi definido pelo usuário através do código DCDU ou como topologia pelo código de execução DTDU. Atualmente só há modelo CDU.

Mc2

Número de identificação do modelo do inversor de tensão (VSI), como definido no campo ncdu do código DCDU ou, no caso de uma topologia, no código ACDU.

u

Letra U se o modelo de inversor de tensão (VSI) foi definido pelo usuário através do código DCDU ou como topologia pelo código de execução ACDU.. Atualmente só há modelo CDU.

Freq0

Frequência inicial da máquina síncrona<máquina síncrona, em \(Hz\).

Vtr0

Valor inicial para a tensão da máquina síncrona, em \(pu\).

Vcap0

Valor inicial para a tensão do capacitor CC, em \(pu\).