../_images/codigos_opcoes.png

DCEN

Função

Leitura de dados para alteração automática de cenário de carga, de geração ou de motor de indução.

Em versões anteriores do Anatem, as alterações de cenário de carga, de geração ou de motor de indução somente eram possíveis através de eventos fornecidos pelo código DEVT. No entanto o número de eventos necessários seria elevado principalmente em estudos de média duração, onde se deseje representar a variação de carga ou geração no tempo em certa região do sistema.

De maneira a simplificar a entrada de dados foi criada uma facilidade de alteração automática de cargas, de geração e de motores de indução, situados em barras escolhidas pelo usuário, especificando-se o intervalo, a quantidade e a magnitude das variações. O programa gera então automaticamente os eventos desejados.

Utilização

Tm

Tipo da mudança, preenchido como:

  • CARG para mudança de carga;

  • GERA para mudança de geração;

  • VOLT para mudança de cenário de tensão;

  • MIND para mudança de motor de indução.

tp

Tipo do elemento, preenchido como:

  • BARR se o elemento é uma barra;

  • AREA se o elemento é uma area;

  • TENS se o elemento é uma base de tensão.

no

Número de identificação da barra, da área ou valor da tensão, de acordo com o tipo do elemento.

C

Primeira condição, preenchida como:

  • A Especifica uma condição de intervalo;

  • E Especifica uma condição de união.

tp

Tipo do elemento definido para a primeira condição (BARR, AREA ou TENS).

no

Número de identificação da barra, da área ou valor da tensão, de acordo com o tipo do elemento definido para a primeira condição.

C

Condição principal, preenchida como:

  • X para a diferença entre os conjuntos definidos pela primeira e segunda condições;

  • E para a união entre os conjuntos definidos pela primeira e segunda condições;

  • X para a interseção entre os conjuntos definidos pela primeira e segunda condições.

tp

Tipo do elemento definido para a condição principal (BARR, AREA ou TENS).

no

Número de identificação da barra, da área ou valor da tensão, de acordo com o tipo do elemento definido para a condição principal.

C

Segunda condição, preenchida como:

  • X para a diferença entre os conjuntos definidos pela primeira e segunda condições;

  • E para a união entre os conjuntos definidos pela primeira e segunda condições;

  • X para a interseção entre os conjuntos definidos pela primeira e segunda condições.

tp

Tipo do elemento definido para a segunda condição (BARR, AREA ou TENS).

no

Número de identificação da barra, da área ou valor da tensão, de acordo com o tipo do elemento definido para a segunda condição.

Var

Este campo é usado apenas quando Tm é preenchido com GERA ou VOLT. Especifica o nome da variável associada ao sinal de referência dos reguladores (de velocidade ou de tensão) tipo CDU dos geradores situados nas barras selecionadas. Se deixada em branco indica que as alterações serão feitas nas referências de modelos predefinidos de reguladores dos geradores nas mesmas barras.

Tin

Tempo inicial para a mudança de cenário, em segundos.

Tfi

Tempo final para a mudança de cenário, em segundos.

N

Número de mudanças entre Tin e Tfi. A primeira mudança ocorrerá sempre no instante definido por Tin. Para Número de mudanças maior que 1, o intervalo entre duas mudanças será:

\(\Delta = \frac{(Tfi - Tin)}{(N – 1)}\)

%

Percentagem de variação total das respectivas grandezas durante o intervalo entre Tin e Tfi. Para Tm preenchido como:

  • CARG a mudança ocorrerá no módulo das cargas situadas nas barras especificadas através das condições;

  • GERA a mudança ocorrerá na referência dos reguladores de velocidade dos geradores síncronos situados nas barras especificadas através das condições;

  • VOLT a mudança ocorrerá na referência dos reguladores de tensão dos geradores síncronos situados nas barras especificadas através das condições;

  • MIND a mudança ocorrerá na potência elétrica absorvida pelos motores de indução situados nas barras especificadas através das condições. Em outras palavras, os motores serão multiplicados por um fator de escalamento;

As variações serão sempre calculadas em relação ao valor das respectivas grandezas em \(t=0\).

Exemplo

Listagem 160 Exemplo da aplicação do código DCEN
1 (===============================================================================
2 ( ALTERACAO AUTOMATICA DE CENARIO DE CARGA
3 (===============================================================================
4 DCEN
5 (Tm) (tp) ( no) C (tp) ( no) C (tp) ( no) C (tp) ( no) (Var )(Tin)(Tfi)(N)( % )
6 CARG BARR 10    E BARR 15                                    1.00 2.00 100 15.0
7 999999

Dica

O código DCEN pode ser utilizado para traçar das curvas representando a relação tensão \(\times\) potência (PV) dinâmicas de um sistema. Para isto, é necessário plotar as variáveis de tensão e potência das Barras CA analisadas e combiná-las através da interface da PlotCEPEL. Em relação às curvas PV tradicionais, esboçadas a partir dos resultados obidos pela solução do sistema em regime permanente, as curvas PV dinâmicas permitem observar a atuação de OLTC’s e compensadores para reestabelecer os níveis de tensão conforme ocorrem os incrementos de carga.

Ver também

Para maiores informações a respeito dos tipos de eventos disponíveis nesta vesrão do Anatem, consulte o código DEVT.