../_images/codigos_opcoes.png

DLDN

Função

Leitura de dados de associação de carga dinâmica ao respectivo modelo ( atualmente só é permitido modelo definido pelo usuário – CDU).

O programa permite que uma parcela de carga da barra seja separada e associada a um controle que simule uma dinâmica.

Por meio do código DLDN, o usuário pode modelar uma parcela da carga estática da barra CA ( carga esta definida no programa de fluxo de potência ) por um controle que descreva uma dinâmica (por meio de CDU definido em código DCDU). Isto pode ser feito tanto para a parte ativa como para a parte reativa da carga. A carga estática ficará então reduzida durante a simulação à parcela não modelada dinamicamente.

Em uma mesma barra CA podem ser definidos diferentes grupos de carga dinâmica, cada um modelado de maneira diferente. Não é obrigatório que a barra tenha uma carga com valor de P e/ou Q não nulos inicialmente: pode-se associar o modelo a uma barra sem carga, a qual será alterada (“ligada”) durante a simulação.

Utilização

Os seguintes parâmetros devem ser preenchidos para o código DLDN:

Nb

Número de identificação da barra CA à qual deverá ser associado o modelo de carga dinâmica

Gr

Número de identificação do grupo de carga dinâmica. Em uma barra podem estar conectados um ou mais grupos cargas dinâmicas

FP%

Fator que define o percentual da carga ativa total inicial da barra (calculada pelo programa de fluxo de potência) que será modelada dinamicamente. A soma dos fatores dos grupos de carga dinâmica de uma mesma barra não podem ultrapassar 100%

FQ%

Fator que define o percentual da carga reativa total inicial da barra (calculada pelo programa de fluxo de potência) que será modelada dinamicamente. A soma dos fatores dos grupos de carga dinâmica de uma mesma barra não podem ultrapassar 100%

Mc

Número de identificação do modelo de carga dinâmica, como definido no campo CDU do código DCDU. Atualmente não existe modelo predefinido de carga dinâmica.

u

Letra U se o modelo de carga dinâmica foi definido pelo usuário através do código DCDU

Exemplo

Listagem 182 Exemplo da aplicação do código DLDN
 1 (
 2 DCDU
 3 (ncdu) ( nome cdu )
 4 9000 Carga Din. 1
 5 .
 6 .
 7 .
 8 FIMCDU
 9 (
10 (ncdu) ( nome cdu )
11 9001 Carga Din. 2
12 .
13 .
14 .
15 FIMCDU
16 (
17 (ncdu) ( nome cdu )
18 9002 Carga Din. 3
19 .
20 .
21 .
22 FIMCDU
23 999999
24 (
25 (===============================================================================
26 ( DADOS DE ASSOCIACAO DE CARGA DINAMICA A MODELOS
27 (===============================================================================
28 DLDN
29 ( Nb)   Gr (FP%) (FQ%) ( Mc )u
30  2609   10   30.   30.   9000u
31  2609   20   25.   15.   9001u
32  2700   10  100.         9002u
33 999999

O exemplo ilustra a utilização do código DLDN para a associação de carga dinâmica ao respectivo modelo:

Barra CA de número 2609

Grupo de carga dinâmica, com identificação número 10, correspondente a uma parcela de 30% da parte ativa e 30% da parte reativa e representado pelo modelo definido pelo usuário número 9000.

Grupo de carga dinâmica, com identificação número 20, correspondente a uma parcela de 25% da parte ativa e 15% da parte reativa e representado pelo modelo definido pelo usuário número 9001.

Os restantes 45% da parte ativa e 55% da parte reativa continuarão representados de forma estática.

Barra CA de número 2700

Grupo de carga dinâmica, com identificação número 10, correspondente a uma parcela de 100% da parte ativa e representado pelo modelo definido pelo usuário número 9002.

A parte reativa da carga continuará representada de forma estática.

Ver também

Para maiores detalhes acerca de cargas estáticas e dinâmicas, ver Cargas.